Portas do tempo...


O día deixa de ser maré
quando se detém
frente as portas do tempo...
O jardim que vive en meu caderno
se tinge de cor
e as folhas raptan o vento
para apagar as cinzas
de velhos tempos.


As fotos maravilhosas são de Filipe
Obrigado

1 comentario: